sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Pessoas que não valem meio tostão!

Há pessoas que não valem NADA, mesmo nada, nem meio tostão! São egocêntricas, crianças, egoístas e sinceramente não podem ser felizes, não quando se colocam em primeiro lugar em tudo e não têm preocupação com ninguém! São pessoas que não têm amigos, pelo menos dos verdadeiros! São pessoas que não aprenderam a partilhar, sempre tiveram tudo e  nunca se preocuparam com o próximo! São pessoas que no meu entender têm uma visão deturpada da realidade, porque nunca passaram dificuldades! São pessoas com um fundo negro, são más pessoas na minha opinião! Eu continuo a acreditar que ninguém nasce mau, mas que as circunstâncias da vida nos tornam maus...e nem sempre as circunstâncias têm de ser más, podem ser demasiado boas, que é no caso de os nossos pais não nos darem educação e não nos ensinarem o significado de algumas palavras como bondade, sociedade, solidariedade, amizade, amor!

Não vou bater mais no ceguinho, mas eu acho que tive alguns princípios  não estou a dizer que seja uma pessoa fácil, mas tento sempre ser a melhor pessoa que consigo! Faço pelos outros o que gostava que fizessem por mim. E é por amor e amizade que a minha vida flui e por isso fico extremamente irritada quando alguém se rege por egoísmo e egocentrismo. Alguém que acha que não existe lugar para os pobres no Mundo é alguém que não sabe ver as dificuldades da vida e mais do que isso é alguém que não vê o valor de cada individuo, somos todos tão únicos e especiais, pobres ricos, verdes ou amarelos! Somos todos iguais, quando as luzes se apagam! Todos da mesma cor, do mesmo estatuto social, todos iguais, ninguém tem roupas de marca, ninguém é magro e gordo, bonito ou feio!

E mais não digo! Só peço que não julguem ninguém pelo exterior, às vezes engana tanto!

2 comentários:

  1. E eu conheço tantas, infelizmente...

    ResponderEliminar
  2. Ariel,parece que aconteceu algo que te deixou magoada..não aposte muito nas pessoas, a cada dia que passa o ser humano nos surpreende mais. Abraços. Sandra

    ResponderEliminar